Matéria Sobre o Show de Caio Bosco no Blog da Revista O Dilúvio.

Comforme o prometido ontem, a matéria escrita pelo gente fina Fábio Balaio sobre o show do dia 09/05/09 para o blog da revista “O Dilúvio”:

*Terça-feira, 12 de Maio de 2009

O SHOW DE CAIO BOSCO



# conection #

Na trilha do Guarujá

txt: Fábio Balaio
phts: Fábio Balaio e Tania Fontana (1º foto)

Sábado chuvoso de outono,típico do litoral paulista, depois de dirigir por mais de meia hora e demorar mais meia pra achar o bar, cheguei quarenta minutos atrasado para o show de lançamento do EP “Diamante” do Caio Bosco, que estava marcado para 22h, meia dúzia de gatos pingados lá dentro, me avisaram que ele chegaria mais tarde. Cerveja vai, cerveja vem, batata frita, etc, e começa a chegar mais gente, me avisam que é assim mesmo, marcam para as 22h pro povo começar a aparecer por volta de meia noite, como não conheço ninguém, nem percebo que a banda já estava quase toda lá quando o Caio chegou, pegou umas águas, uma garrafa de vinho e já foi para o palco.

Cerca de cinquenta pessoas estão esperando, muitos deles seus amigos, afinal o show é perto da sua casa, praticamente seu quintal. Depois dos agradecimentos começa com uma introdução lenta, lânguida, que dá a impressão que o show será calmo, devagar, emenda com “Cigana”, que deve fazer parte da coletânea Geração SP, o clima já começa a ficar mais animado, e logo depois começa os acordes de “Diamante”, que o próprio Caio anuncia que foi escolhida a melhor música do ano passado por uma rádio universitária, nem precisava, já a escolhi como melhor música do ano, pelo menos pra mim que já tinha baixado o EP (enviado pelo próprio junto com as letras) e sei cantar todas que estão nele, aí me animei de verdade.

A banda é competente, a maioria deles gravou junto o EP, menos o baixista, que não deixou a desejar, e todos tocaram muito bem. Logo mais já começou “Eu não quero ser sua garota nunca mais”, que o Caio disse ser inspirada numa discussão que ouviu entre duas namoradas, novamente muito bem tocada, todo mundo acompanhando, DJ Beto, parceiro de Caio no Radiola Santa Rosa, mandando ver na duberia, garantindo o efeito psicodélico em todas as músicas.

Quando começa “NaSo4+2H2O” Caio explica que insistiu muitas vezes até Walter Franco liberar sua música, “Água e sal” como música incidental, mas depois de escutá-la deu sua benção. No final da execução de “NaSo4+2H2O” Caio entra em transe diante dos pedais ajudado por Beto e garante o momento mais chapante do show. Depois de uma breve pausa a banda volta e toca um cover de Neil Young, “On the beach”, afinal estamos a uma quadra da Praia do Tombo, Guarujá. Tocaram mais algumas músicas, mas a que mais gostei e que não conhecia foi “Trilha”, mais pesada, que também vai fazer parte do CD.

Foi mais de uma hora de show. Depois de terminado Caio cumprimentou e foi cumprimentado por praticamente todos que estavam na casa, inclusive eu, claro, que depois deste show posso dizer que me tornei fã. O cara além de ter talento ainda é gente fina. Viajei careta,valeu.

Para assistir no YouTube:
Intro

* Matéria extraída do blog da revista O Dilúvio, escrita por Fábio Balaio.
http://odiluvio.blogspot.com/2009/05/o-show-de-caio-bosco.html

Anúncios
Esse post foi publicado em Concertos, Press. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s