Pseudo Mellotron – O Que Já é Um Pseudo Instrumento.

Mellotron e Chamberlin levam a fama de serem os primeiros teclados sample da história, desenvolvido no começo dos anos 60 na Inglaterra, esse teclado é uma das bases do rock psicodélico, progressivo e da musica feita por samples e tape loop.
O mais doido do Mellotron e do Chamberlin é que não são teclados que produzem um som próprio como um piano, orgão ou harmonium, o som desses teclados é gerado por um banco de fitas magnética em baixo de cada tecla com 8 segundos de duração, além dos 18 diferentes timbres que já vem nos bancos de dados como orgão, cello, strings, 8 voice choir e brass.
O exemplo mais clássico de como o Mellotron éra um vanguarada esta na musica “Strawberry Fields Forever” dos Beatles, durante a fase psicodélica do rock’n roll, o mellotron foi um divisor de águas, já no rock progressivo foi essencial para as chapações e nos anos noventa, uma redescoberta que fez esse idiossincrático teclado ganhar de vez o termo cult.
O único problema do Mellotron esta justamente por ter no seu coração esse banco de fitas, que pelo uso constante, começa a distorcer o som e afinar esse teclado passa a ser um pesadelo. Nisso eu tive mais sorte, depois de chapar com as produções do John Byron (fan declarado do Chamberlin e do Mellotron), resolvi gravar um arranjo com os timbres do Mellotron, pra isso usei o teclado midi do meu amigo Emerson que tem um software que reproduz todos os sons de teclados que os Beatles usaram na sua masterpiece “Sgt Peppers & The Lonnely Heart ClubBand”, inclusive o Mellotron, como ele por si só é um teclado que carrega um som de outros instrumentos, nada mal usar ele de um jeito midi, já que assim não desafina e com certeza deixou a minha musica “Vintage Woman Blues” mais viajandona.

http://en.wikipedia.org/wiki/Mellotron
http://www.mellotron.com/

PS: Foto do Mellotron acima extraída do site do cabuloso museu inglês “Eboard Museum”, já a foto de baixo do Chamberlin, extraída do próprio site da Mellotron.

Anúncios
Esse post foi publicado em My Road. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s