Meu Theremin

Theremin é um dos primeiros instrumentos eletrônicos, foi criado em 1919 pelo russo Léon Theremin encomendado pela União soviética como uma nova forma de comunicação, mas por insistência do jovem inventor passou a ser um instrumento musical depois da guerra civil russa; a novidade foi tamanha que até Lenin teve algumas aulas com Léon para aprender a tocar o instrumento, a partir desse período, Léon Theremin partiu para os EUA em 1928 e patenteou a sua obra que passou a ser comercializada pela RCA.
O theremin é o primeiro instrumento que não precisa ser tocado para sair som, ele consiste em duas antenas que conforme movimentamos os nossos dois braços no ar, mudamos o pitch e o volume do som gerado pela caixa. Adotado primeiramente pelos músicos eruditos como a concertista Clara Rockmore, o instrumentos virou a vanguarda dos sons e foi vetor para o cinema B e Sci-Fi da década de 50, influenciou a construção de teclados como o Ondes Martenot e Moog e caiu na graça de todo o movimento de musica de vanguarda até hoje.
O meu theremin (o da foto, acima do oscilador) quebrou anteontem, mas já vai para o concerto semana que vem, eu usei o theremim em quase todos os shows do Radiola Santa Rosa e em duas faixas do meu disco que estou gravando. Me encanta toda vez que escuto aquele som que parece que vem de Marte, aquele agudo tremolo que parece uma comunicação alienígena, sou um entusiasta e espero que o meu theremim fique pronto do concerto logo logo.

http://en.wikipedia.org/wiki/Theremin

Anúncios
Esse post foi publicado em My Road. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s